telenovelas

em parceria com a Activa

Perfil

Animais

Veterinário: É preciso escovar os dentes do meu cão ou gato? O meu gato não deixa. Que problemas pode ter?

A dra. Carolina Rebelo responde!

iStock

“É preciso escovar os dentes do meu cão ou gato? O meu gato não deixa. Que problemas pode ter?”
Ana, Oeiras

Ao lavar os dentes ao seu cão e ao seu gato estará a ajudar a prevenir algumas doenças não só ao nível da cavidade bocal como de outros órgãos. A não lavagem dos dentes proporciona a formação de tártaro e a doença periodontal (que afeta mais frequentemente os cães e que, além dos problemas que provoca na boca, também pode gerar alguns a nível cardíaco, entre outros), uma vez que não há remoção dos restos de comida que ficam na boca e da placa bacteriana que se encontra nos dentes.
Deve habituar-se tanto o cão como o gato a lavar os dentes desde jovens. E, apesar de o ideal ser uma lavagem diária, se forem 3 a 4 vezes por semana já ajuda bastante na remoção da placa bacteriana.
Tem de utilizar-se sempre uma pasta indicada para animais (NUNCA a nossa pasta de dentes, pois pode provocar irritação do trato gastro-intestinal) e preferencialmente uma escova para animais (na ausência desta poderá utilizar uma escova de crianças suave ou colocar a pasta de dentes numa luva e lavar diretamente os dentes – o que por vezes resulta melhor nos gatos).
A lavagem dos dentes deve ser um processo de habituação e comece por mostrar e dar a pasta de dentes para que se habitue ao sabor. Depois do animal habituado, pode introduzir-se a escova de dentes (ou a luva) e lavar os dentes. A escovagem deve ser sempre feita de forma suave para não magoar as gengivas e ter mais cuidado e escovar com mais atenção junto às gengivas (local onde há maior acumulação de placa bacteriana).
Aproveite este momento da escovagem para verificar a boca do seu animal e ver se encontra algum sinal de alerta, como mau hálito, feridas, vermelhidão ou inchaço nas gengivas.
Se não conseguir lavar os dentes ao seu animal, existem produtos no mercado que ajudam a prevenir a acumulação de placa bacteriana pela sua ação mecânica.