telenovelas

em parceria com a Activa

Perfil

Animais

Saiba como melhorar o ambiente para os seus bichinhos

A dra. Carolina Rebelo explica!

iStock

Enriquecimento ambiental é o nome dado a uma técnica que promove estímulos físicos, mentais ou sociais (simulando a vivência do animal na própria natureza). Com a prática, através de atividades e objetos criados por nós, humanos, o bicho desperta as suas características naturais como a caça, o faro e o esconderijo. Existem cinco tipos diferentes de enriquecimento ambiental.
1) Alimentar: consiste em disponibilizar a comida do animal em objetos diferentes, tirando, assim, a previsibilidade na hora da alimentação.
2) Sensorial: capaz de estimular o bichinho em todos os seus cinco sentidos através de objetos com texturas, cheiros e tamanhos diferentes.
3) Físico: deve ser produzido utilizando diferentes tipos de estruturas físicas para que o animal possa escalar, esconder-se e exercitar-se.
4) Social: ocorre quando o bichinho está a comunicar de forma intra e interespecífica.
5) Cognitivo: pode ser oferecido ao animal usando atividades que o estimulem a raciocinar, concentrar-se e até memorizar determinadas situações.

Mais energia e menos problemas
Numa única atividade, mais do que um tipo de enriquecimento ambiental pode estar associado. O próprio adestramento pode ser considerado um bom exercício e, muitas vezes, envolve as cinco classes citadas. Fornecer enriquecimento ambiental ao animal é uma boa estratégia para gastar energia e prevenir problemas comportamentais, como destruições, compulsões, coprofagia (doença que leva o animal a comer as suas próprias fezes), agressividade... Promover entretenimento ao bichinho pode ser uma alternativa barata, pois pode criar objetos em casa, com materiais reciclados. Basta uma garrafa de plástico furada, com grãos de ração e pendurada à altura da cabeça do animal, para ele ficar ali a divertir-se. Lembre-se: qualquer objeto que seja fornecido ao seu amigo de quatro patas precisa de ser avaliado para que ele não engula nenhum material perigoso. Os primeiros momentos devem ser sempre com supervisão.