telenovelas

em parceria com a Activa

Perfil

Novelas

A Única Mulher - 17 a 23 de outubro

Neuza encontra a filha

TeleNovelas

TVI Divulgação

TVI Divulgação

Antes de morrer, Cândida diz a Vita que ela é filha da empregada dos Venâncio. A jovem vai rapidamente procurar a mãe

No leito da morte, a tia de Vita que a criou, mostra-lhe a sua certidão de nascimento e diz-lhe que ela deve procurar os pais verdadeiros. A rapariga fica a saber que é filha de Neuza, mas sente-se revoltada por ter sido abandonada pela mãe. Contudo vai a casa dos Venâncio e mostra o documento a Mara. Esta constata que a rapariga nasceu na mesma aldeia onde ela foi encontrada. A enfermeira estranha que Neuza nunca tenha comentado com ela que teve uma filha e decide confirmar a veracidade da história. César acompanha-a até ao Huambo e lá descobrem uma medalha de bebé com a santa protetora de Neuza. Ao chegar a casa, Mara mostra a Neuza a pulseirinha, dizendo que é igual à que ela usa. Neuza abraça-a com fervor, convencida de que ela descobriu que é filha dela. Vita chega entretanto e Mara diz a Neuza que encontrou a filha dela. A principio a empregada não quer acreditar nem aceitar. Mais tarde, vai ao musseque e rendida às evidências, pede perdão à filha e mostra-se disposta a ser mãe dela. As duas choram nos braços uma da outra.

Gémeas festejam um ano

Passado um ano, as bebés de Mara e Luis Miguel dão os primeiros passos. Neuza escreve uma carta a Arsénio a contar como estão as meninas: Luis Miguel e Mara mais felizes do que nunca, festejam com as filhas e recordam como foi atribulado o caminho até encontrarem a felicidade juntos. O engenheiro comenta com Bino que nunca se descobriu nada sobre o rapto nem sobre quem explodiu o barco.

Pilar tenta o suicídio

Com o rosto desfigurado e presa a uma cadeira de rodas, Pilar não se conforma com o seu destino. Para além de ter sido enganada e roubada por António, Luis Miguel não lhe perdoa o facto de ela lhe ter feito tanto mal para o separar de Mara. Só lhe restam as vistas de Berta, que nunca a deixou desamparada. Com o intuito de chamar a atenção de Luis Miguel e conseguir o seu perdão, Pilar, tenta o suicídio atirando-se do cimo de um prédio, mas é salva, caindo numa cama elástica de resgate.

Diogo morre no dia do casamento

Sara está pronta para sair para a igreja e diz que faz questão de entrar pelo braço de António, pois Jorge nunca a tratou como filha. Enquanto esperam à porta da igreja pelo noivo, ele recebe em casa uma caixa com duas garrafas de vinho e um pacote de droga entregues pelo futuro sogro. Não resiste e cheira uma linha. Sente-se muito mal mas mesmo assim vai para a igreja. No altar, desmaia e morre. Sara chora desesperada e ao chegar a casa destrói o bolo de casamento, recusando falar seja com quem for.

Sara entrega-se à bebida

Sem conseguir superar a morte do noivo, Sara fecha-se na casa de Diogo e todos os dias se embebeda. Num desses dias, Mafalda vai lá a casa e o estado de embriaguez dela é tão grande que cai, bate com a cabeça numa mesa e desmaia. Quando recupera recusa ir ao hospital. Assim que a amiga vai embora, sai para um bar, onde dança de forma sensual com desconhecidos. Tânia e Radu observam-na e avisam António que lhes dá ordens para a vigiarem.

Norberto corre risco de vida

Na cadeia, Norberto é abordado por dois indivíduos que lhe exigem droga e dinheiro. Como ele não lhes dá a quantidade que eles querem espancam-no. Ramiro intervém em defesa do angolano e acaba por ser esfaqueado. A briga é travada pelos guardas prisionais, mas o ex-namorado de Sílvia fica muito maltratado.António dá uma semana a Tânia para garantir que Norberto seja morto na prisão.

Não perca!

Revoltada com o facto dos irmãos não perdoarem a mãe e por Jorge ter levado lá para casa Yolanda, Francisca resolve fazer as malas e ir bater à porta de Santiago.