telenovelas

em parceria com a Activa

Perfil

Novelas

Diana é a verdadeira impostora!

Descubra a verdade sobre a médica de 'A Impostora', novela da TVI!

TeleNovelas

Divulgação TVI

Aqueda de Diana (Fernanda Serrano) está iminente. Na 2ª temporada de “A Impostora”, a médica já provou que não é tão boazinha e sofredora como todos julgavam, mas ninguém imagina que, para além de se querer vingar de Verónica (Dalila Carmo), ela é a verdadeira impostora. Na verdade, o seu nome não é Diana nem cresceu em berço de ouro. Trocou de identidade com outra pessoa quando ainda era criança. Tudo acontece quando duas meninas via-
jam num comboio. A verdadeira Diana usa um fio com um pendente de família. Viaja com os pais. A falsa é uma criança pobre, de uma aldeia perdida. As duas conversam quando se dá um acidente ferroviário. A pobre aproveita o facto de a outra estar inconsciente para lhe tirar o medalhão e colocá-lo no seu pescoço. É através deste que Maria Amélia (Elisa Lisboa) identifica aquela que julga ser a sua sobrinha, uma vez que os pais da menina morrem no acidente. A outra acaba por ser adotada por uma família sem grandes recursos, mas que aposta na sua educação. Curiosamente, ambas formam-se em Medicina, com especializações oncológicas.

Mais de 30 anos depois, as duas voltam a cruzar-se no hospital. Rita (Ana Cristina Oliveira) vem trabalhar para Lisboa e passa a integrar a equipa de Diana. É uma pessoa simpática, que cativa todos à sua volta, incluindo Maria Amélia, que mora em Paris, mas vem para Lisboa passar uma temporada. A pianista tem vários concertos agendados. Embora tenha criado Diana, a relação entre elas nunca foi boa. A médica saiu de casa cedo, depois de acusar a tia de querer ficar com a sua fortuna. Curiosamente, a senhora conhece Rita e sente enorme empatia por esta. Passam a ter longas conversas, nas quais a nova médica lhe confidencia que perdeu a memória num acidente. Mas vai recuperá-la aos poucos quando vê o medalhão que Diana usa. Este traz-lhe memórias do passado e, a dada altura, toda a verdade vem à tona. A Diana não lhe resta senão revelar que é uma impostora. Desesperada, decide fugir para a sua terra-natal. Com a mala feita, despede-se da filha e de Gustavo (Diogo Amaral). “Mantém-se em contacto comigo?”, pergunta Beatriz. “Sempre querida. És minha filha”, responde Diana. Mas a jovem tem mais questões para colocar. “Vai mesmo à procura da sua família?” “Vou sobretudo à procura de mim. Espero que um dia me possam perdoar”, afirma. Mãe e filha abraçam-se e choram, emocionadas. Depois, Diana apanha o comboio e bate à porta da avó, na terra. “Dona Beatriz? Sou a Paula, a sua neta”, revela. Já instalada, dá consultas no centro de saúde da aldeia.