telenovelas

em parceria com a Activa

Perfil

Novelas

Em breve em 'A Herdeira', Vicente é acusado de matar Roni

Durante uma rusga à empresa de Joaquim, o cigano é baleado e dado como morto.

TeleNovelas

TVI Divulgação

O final da primeira temporada de “A Herdeira” promete muita emoção. Roni é atingido a tiro numa rusga policial, sendo dado como morto. A agente Olívia (Laura Galvão) é a responsável pelo ocorrido e demite-se mas esta está longe de ser a verdade dos acontecimentos.
Mas vamos por partes.


Quando tudo acontece, Vicente encontra-se muito empenhado em apanhar Joaquim, o seu irmão, em flagrante, ou seja, em pleno tráfico de droga. Ao saber que está a chegar mais um carregamento de cocaína, o diplomata e Olívia dirigem-se à empresa do advogado, certos de que vão apanhar os bandidos. No entanto, durante a rusga policial, há uma intensa troca de tiros e Roni é baleado. O jovem cigano é dado como morto. Olívia assume que foi ela a atingi-lo e decide abandonar aquelas investigações. No entanto, está apenas a proteger Vicente.


Ao saber que o seu antigo prometido foi assassinado, Luz desaba. A jovem chora mas jura que há de descobrir quem matou o seu amigo. Quando confronta Vicente, este engole em seco, e ela acusa-o de ser ele o assassino. A verdade é que ele esconde da amada que Roni está vivo, para sua própria segurança. Na realidade, há muito que o cigano trabalha para a polícia, infiltrado no cartel de Joaquim. Esta verdade só se saberá muito depois, quando, durante uma cena em casa do diplomata, Roni surge, furioso por estar a enganar Luz. “Só estamos nesta situação porque queres seguir a lei!”, diz o cigano, furioso por não poder acabar com a vida de Joaquim. Vicente tenta acalmá-lo e o rival acaba por aceder a seguir com o plano de ficar escondido na cave da vivenda do jovem advogado.