telenovelas

em parceria com a Activa

Perfil

Novelas

Os segredos (e o preço!) do vestido de noiva de Madalena em 'A Herdeira'

A peça foi criada por uma conhecida estilista, amiga de Rita Pereira.

TeleNovelas

Como se sabe, um casamento cigano é sempre um grande acontecimento, cheio de tradições e momentos inesquecíveis e isso foi replicado na perfeição em "A Herdeira", novela da noite da TVI. A personagem Madalena, interpretada por Rita Pereira, encarna a típica noiva cigana: exuberante, cheia de brilho e que não deixa ninguém indiferente. A atriz foi caracterizada a rigor para este momento e o vestido que usou na novela é da autoria da sua estilista portuguesa de eleição: Micaela Oliveira. “Foi ideia minha pedir à Micaela para fazer o vestido. Assim que soube que este casamento ia acontecer, há cerca de quatro meses, ela começou a trabalhar neste vestido. A sua confeção envolveu cinco pessoas”, disse Rita.

A atriz explicou que todos os pormenores foram tidos em atenção. “Quis que fosse um vestido com algum requinte, pois a Madalena viveu 20 anos como condessa. Escolhi o tom dourado, pois este já era o seu segundo casamento e a pureza do branco não fazia sentido. Quis que fosse com os ombros à mostra, pois é uma das imagens de marca da Madalena e pedi à Micaela que usasse uma renda que parecesse antiga, pois este é um vestido que pertenceu à mãe do Ramón”, revelou.


Os adereços do vestido também foram tidos em conta. “O véu foi todo bordado à mão, numa renda especial, muito cara pelo que sei”, disse. A atriz explicou que o vestido vai estar à venda muito em breve. “A Micaela emprestou este modelo à Madalena, que fez exclusivamente para ela. Eu já lho devolvi e ela agora vai pô-lo à venda. Sei que já há muitas pessoas interessadas e temos recebido imensas mensagens de várias pessoas a perguntar onde podem comprar o vestido.”

O modelo poderá ser posto à venda por 10 mil euros. A estrela da TVI explicou ainda que pediu à estilista para fazer uma saia gigante, ao estilo cigano. “Cheguei a falar com algumas ciganas a pedir a opinião delas. Disseram-me que a saia tinha de ser a maior que conseguisse!” E foi, tanto que a atriz teve de ser transportada numa carrinha, de forma peculiar. “Não me conseguia sentar, tive de ir deitada de barriga para baixo”, contou. O vestido era tão grande que servia perfeitamente para cobrir o que Rita tinha vestido por baixo. “Ia de jeans e umas botas de pelo de ovelha. Foi assim que aguentei gravar durante quase cinco horas, com uma temperatura de 5 graus”, confidenciou.


Apesar de todas as adversidades, este foi um momento especial para Rita. “Gostei mesmo muito deste dia, senti-me uma verdadeira princesa e aquele vestido contribuiu para que eu conseguisse absorver a personagem e todos os sentimentos da Madalena”, disse. Ou seja, apesar de a gravação do casamento ter sido exigente, Rita ficou feliz com o resultado final. “Sou uma rapariga feliz, que ama aquilo que faz e que trabalha com uma equipa fantástica que faz com que tudo valha a pena”, disse. A atriz sentiu-se linda neste vestido gigante, mas o modelo pouco ou nada tem a ver com o estilo da atriz. “As únicas coisas que gosto realmente no vestido, eu Rita Pereira, são o facto de ser em dourado – é uma das minhas cores preferidas e também me quero casar de dourado – e de ter os ombros à mostra. De resto, sou bem mais simples”, remata.