telenovelas

em parceria com a Activa

Perfil

Novelas

Sara Prata sobre João Catarré: “É um companheiro Gigante”

Prestes a terminarem as gravações da novela, os protagonistas falam sobre o final das suas personagens e da relação ao longo da trama.

1 / 4

Luis Coelho

2 / 4

Luis Coelho

3 / 4

Luis Coelho

4 / 4

Luis Coelho

Nos bastidores de “Jogo Duplo”, que está na reta final das gravações, já se sente alguma nostalgia no ar. “Esta produção foi tão especial que falta ainda mês e meio e já temos saudades”, revelou Sara Prata no dia em que gravou algumas cenas do final da história escrita por Artur Ribeiro.
A atriz, que começou a fazer novelas com pouco mais de 18 anos, assumiu a sua primeira protagonista nesta trama e custa-lhe “descalçar os sapatos” da sua Margarida. Prestes a receber os últimos capítulos da novela, Sara e os colegas já fizeram promessas uns aos outros. “Quando recebermos os últimos guiões não contamos a ninguém para todos sermos surpreendidos”, explicou, entusiasmada. No entanto, a atriz desconfia que a sua personagem vai acabar nos braços do amado, João, papel a cargo de João Catarré. “Acho que vai passar por isso, sim”, assumiu. Na trama, os dois ainda vão ter de enfrentar uma separação e defrontar-se com uma espécie de traição quando a irmã de Margarida, Diana (Ana Varela), se aproximar do namorado da irmã, mas tudo acaba bem.
“Irmãs são irmãs”, disse Sara. Mas isso é na ficção. Na vida real, a atriz leva da novela muitos amigos do elenco mas não o amor, como alguma imprensa escreveu. “O Catarré é um companheiro gigante. Não tive outro parceiro de trabalho mais espetacular do que ele. Isso é muito raro e muito especial”, garantiu a atriz. João concorda: “Tem sido maravilhoso desde o início, tivemos um grande entrosamento e uma grande entrega de parte a parte. O que foi bom e raro”