telenovelas

em parceria com a Activa

Perfil

Novelas

Em breve em 'Paixão': Helena ameaça Carolina de morte

Após a morte do pai, a jovem oferece a Luísa a sua parte no grupo Marreiros. Furiosa, a vilã não lhe perdoa e faz-lhe uma emboscada.

(c).RuiCarlosMateus.1954

Depois de, com a ajuda de Zé, assassinar Eduardo para lhe ficar com o dinheiro, Helena tem um novo obstáculo a derrubar: Carolina. Com a polícia no seu encalço, o traficante sabia que podia perder todos os bens e, por isso, antes de ser morto, passou para nome da filha toda a sua fortuna, incluindo a participação no grupo Marreiros. Ao descobrir isto, Helena fervilha de raiva, pois estava convencida de que conseguira acabar com o marido antes de ele tornar tudo legal. Fingindo-se muito amiga da enteada, tenta convencê-la a passar para seu nome a tal participação, pois ela não percebe nada de negócios. Porém, a jovem, que nunca confiou na madrasta e tem fortes suspeitas de que o pai não se suicidou como a polícia afirma, não está para aí virada. O cenário fica ainda mais negro quando Carolina afirma que vai aliar-se a Luísa e passar a sua parte para o nome dela. Esta é a gota de água para a malvada, que decide dar-lhe um “apertão”.
Numa noite, ao entrar no quarto, a jovem vê as luzes apagarem-se e entra em pânico. É então que a iluminação volta e aparece Helena, que se atira a ela, estrangulando-a. A rapariga debate-se, pedindo-lhe que a largue. “Só depende de ti”, diz-lhe a vilã. “Ou mudas de ideias e pões a tua parte do grupo em meu nome, ou dou cabo de ti. Eu destruo-te a vida, Carolina!”. Apesar de encurralada, esta faz-lhe frente: “Vais matar-me, é? Como fizeste ao meu pai? Cada dia que passa, mais me convenço que foste tu!”. As duas lutam e a namorada de Xavier consegue libertar-se. Virando-se para a rival, afirma: “Achas mesmo que ameaçares-me é a melhor maneira de me convenceres? Tu não vais conseguir enganar-me, como enganaste o meu pai! Deixa-me em paz!”. Dito, isto, sai do quarto, determinada, quando se depara com Tomás, a quem pede ajuda. Só que ele não a defende. Pelo contrário, diz-lhe que Helena tem motivos para fazer o que fez. Nem a malvada acredita no que ouve e, quando fica sozinha com o Marreiro, pergunta-lhe porque está do lado dela. “Passar tudo para a Luísa está errado. Eu odeio tanto esta miúda como tu”, responde, frio.