telenovelas

em parceria com a Activa

Perfil

Novelas

Pedro Barroso: "A minha ligação ao Roni ainda não acabou"

Já abraçou outro desafio profissional mas assume que o papel que desempenhou ainda está muito presente.

A entrada de Pedro Barroso na Festa de Verão da TVI foi marcante. O ator, de 32 anos, atuou ao lado do músico Nininho Vaz Maia e encantou todos com os ritmos ciganos. Por minutos, o ator que se despediu do Roni de “A Herdeira” há dois meses voltou a vestir uma personagem marcante. “A minha ligação ao Roni e à comunidade cigana não acabou!”, explicou Pedro, que teve apenas uma semana para se desligar deste papel, pois já está a gravar a nova trama da TVI, “Valor da Vida”. Entre os dois trabalhos, “pus-me a pé até Santiago de Compostela, para descomprimir um bocadinho. Agora, tenho uma personagem completamente diferente e a pesquisa foi muito mais interior. Nos ensaios, passei dias fechado numa sala só a andar para descomprimir. Foi assim que despi a personagem Roni, que me desapeguei, que tirei a máscara. Era preciso fazer isto num curto espaço de tempo”.
Menino de família
A partir de setembro, quando estrear “Valor da Vida”, os telespectadores da TVI irão ver Pedro Barroso num registo distinto. “O Alexandre é a antítese do Roni. Filho de boas famílias e um bom miúdo”, desvendou o ator, que tem como pais na ficção Dalila Carmo e Rúben Gomes, enquanto Bruna Quintas faz de sua irmã. Sobre as características da personagem, destacou uma em particular: “É muito sensível e foi por aí que comecei a desenvolver o meu trabalho”. Pedro Barroso está entusiasmado por representar um rapaz com a sensibilidade à flor da pele. “Será interessante ver como o Alexandre irá reagir quando confrontado com o medo”, referiu. O ator tem estado a gravar em Guimarães, com outros colegas de elenco, cidade onde se desenrola parte da trama de Maria João Costa, a mesma autora de “Ouro Verde”, da TVI. “Fui muito bem recebido, aliás, todos nós temos sido acarinhados pelas pessoas”, concluiu.