telenovelas

em parceria com a Activa

Perfil

Novelas

Em 'Alma e Coração': Duas mulheres e um destino

A nova trama da SIC arranca com muita ação e cenas dramáticas. Diana é a grande vítima.

(c).RuiCarlosMateus.1954


Feliz com um grupo de amigos e o namorado, André (Afonso Pimentel), Benedita (Cláudia Vieira) viaja por Itália. O grupo diverte-se numa elegante festa onde a jovem acaba por descobrir que o amado está envolvido numa rede de tráfico de mulheres. Quando ameaça entregá-lo à polícia, ele manda dar-lhe uma lição. Violentamente atacada por dois homens, sobrevive... em coma e grávida! Pouco depois de acordar, dá à luz uma menina. De volta a casa, descobre que o seu avô é cúmplice de André. Decide fugir para se salvar e deixa a filha numa instituição para a proteger, simulando a própria morte. O avô, entretanto, acaba por morrer num acidente. Nessa noite, Júlia (Soraia Chaves), que precisa de um transplante, recebe o coração do homem e a sua vida muda: começa a ter “visões estranhas”, algumas com uma desconhecida. No hospital, vê uma bebé e fica obcecada por ela. Dizem-lhe que é órfã e vem de uma instituição. Quando tem alta, Júlia procura a instituição e oferece-se para comprar a menina. O padre responsável aceita o dinheiro.
Amor e ódio
Quase 20 anos depois, Júlia é uma mulher fria, que vive para a filha adotiva, Vitória (Madalena Almeida). Benedita, entretanto, depois de anos em fuga, muda de nome e torna-se trapezista num circo. Quando julga ter escapado ao passado, regressa a Lisboa. Começa a dar aulas na escola de um bairro social e conhece Rodrigo (José Fidalgo), por quem se apaixona. É então que, por um infeliz acaso, se cruza com Júlia, que logo a reconhece das suas visões e pressente que aquela mulher é um alvo a abater.

Marie Photographie