telenovelas

em parceria com a Activa

Perfil

Novelas

Cláudia Vieira elogiada por todos: "Ela está arrasadora"

O elenco juntou-se para assistir ao primeiro episódio de “Alma e Coração” e os elogios fizeram-se ouvir.

Jose Oliveira

Elenco e equipa técnica reuniram-se numa grande festa para assistirem ao episódio de estreia da nova novela da SIC. Os nervos também marcaram presença nesta noite de emoções fortes. Só Cláudia Vieira garantia estar calma. “Agora não posso fazer nada... Estive nervosa, sim, quando fiz algumas das cenas que vamos ver hoje”, desabafou. Na tenda de circo onde se desenrolam alguns momentos da história, todos ficaram pregados ao grande ecrã. No final, as palmas encheram o espaço, assim como os elogios à atriz. “Ela está arrasadora, fez um trabalho do caraças!”, disse Afonso Pimentel, um dos vilões da história. José Fidalgo, o par romântico de Cláudia, fez também questão de comentar o desempenho da colega: “Achei-a fenomenal. O trabalho dela tem sido árduo, mas o resultado está à vista. Muito bom!”.

Muito contente
Afonso Pimentel ficou entusiasmado com o primeiro episódio. “Estou mesmo contente e a Cláudia tem todos os motivos para também estar”, referiu. Daniel Oliveira deu igualmente os parabéns à atriz. “Disse-me que tinha gostado muito”, contou ela.


Mudança boa
É verdade! Manuela Couto admitiu que os nervos ainda a traem nestas alturas. “Não tínhamos visto nada do que fizemos nestes dois meses”, justificou. Depois de 16 anos na TVI, a atriz disse que este é “um projeto especial e a mudança está a ser muito agradável”.


Duas mães, dois estilos
A atriz Madalena Almeida interpreta Vitória, a filha de Diana que Júlia adotou. Sobre as colegas, a jovem de 21 anos comentou: “A Soraia [Chaves] é muito simpática e divertida. A Cláudia é boa onda, está sempre calma, apesar de gravar imenso. E cheia de energia, o que é bom porque nos contagia”.

Um vilão do pior
Depois do perigoso Fernando de “Espelho d'Água”, Marcantonio del Carlo volta aos papéis de “mauzão”. “Mais um vilão, que é o que eu gosto de fazer. E este é mesmo mau!”, revelou. “Tem a ver com algo de que se fala muito em Portugal e lá fora,
que é o assédio sexual.”