telenovelas

em parceria com a Activa

Perfil

Novelas

Mafalda Marafusta: "Ia para casa a chorar"

Com os últimos episódios de “A Herdeira” no ar, a atriz que vive a Beatriz da trama assume que sofreu psicologicamente com a personagem e que foi muito difícil ver-se livre dela.

O trajeto de Mafalda Marafusta em “A Herdeira” é fácil de descrever: ela começa e acaba a trama de Maria João Mira a chorar. O primeiro momento de desgosto dá-se com o assassinato do pai (interpretado por Fernando Luís), que lhe morre nos braços no dia do seu casamento, no México; seguem-se momentos turbulentos na relação com o marido, Joaquim (Paulo Pires), de quem aborta; no final, e já com as pazes feitas com o traficante, este morre às mãos de Caetana (Alexandra Lencastre), provocando mais um momento de choro compulsivo!
De férias há dois meses, depois de terminarem as gravações da novela da noite da TVI, Mafalda Marafusta admite que sofreu muito ao interpretar Beatriz. “No início tive muitas dificuldades em desligar-me da personagem, porque havia muito sofrimento. Houve uma altura em que baralhei um bocado as coisas: saía do estúdio e ia chorar para casa!”, refere a jovem, que aprendeu a conviver com as emoções desde então. “Esta Beatriz foi boa para eu, enquanto atriz, conseguir manter um distanciamento entre aquilo que sou e aquilo que a personagem é. Aprendi a trabalhar com emoções fortes e o que é estar em situações-limite.”
Mafalda Marafusta não tem dúvidas: “Foi uma das personagens mais fortes da minha vida. A novela está a acabar, mas, para a Beatriz, este final é muito importante a nível psicológico. Acho que as pessoas não estão à espera daquilo que vai acontecer!”

“Vão Tirar-me o tapete”
Entretanto, a atriz começou a gravar a nova série da TVI, “A Teia”, em que vai dar vida a Lara. “Estamos nas primeiras semanas de gravações, estivemos a trabalhar no Porto e fomos muito bem recebidos”, afirma Mafalda, que está muito entusiasmada com o novo desafio. “É um projeto muito interessante, completamente diferente da novela. O texto é diferente, há muitas ações
e vão-nos tirar o tapete muitas vezes. O elenco tem tudo para dar certo
e é um grande passo da TVI.”