telenovelas

em parceria com a Activa

Perfil

Novelas

Afonso Pimentel: "Este gajo vai voltar"

Na pele de um homem sem escrúpulos, o ator garante que está feliz com o papel. André vai regressar à história e fazer muitos estragos...

Jose Oliveira

O ar simpático de Afonso Pimentel pouco ou nada tem a ver com o papel de mauzão que lhe coube na nova novela da SIC. Contudo, o ator está satisfeito e disposto a “fazer este vilão o mais credível possível”. Nos próximos episódios de “Alma e Coração”, André vai voltar à história. “Este gajo vai voltar e vem diferente, com uma família, mas é o mesmo cabrãozinho de sempre! Embora tenha largado os crimes mais pesados, o passado vai persegui-lo e as coisas vão começar a descobrir-se”, desvenda. Passados 20 anos, o engenheiro está casado com Francisca (Dânia Neto) e o casal tem um filho, José Maria (Lucas Dutra), de 18 anos. Esta vida dupla tem sido um desafio para o ator, que sente ainda estar a descobrir a personagem: “A mulher passou por uma doença grave [um cancro] e ele não a deixou, por isso, não é assim tão mau. Por outro lado, já traficou mulheres...”. Aos 36 anos, Afonso acha piada ao facto de, na ficção, ser pai de um rapaz de 18 anos. “Quando soube, senti-me velho! Mas fiz as contas e percebi que é possível.”
Insultos e mimos
Com várias novelas no currículo, o ator não teme que o facto de interpretar um vilão lhe venha a causar problemas na rua, apesar de saber que as tramas mexem com as pessoas. “Há uns anos, quando fiz 'Espírito Indomável' (TVI), todas as senhoras com mais de 60 anos me falavam bem na rua e eu não sabia porquê. Até que percebi: a minha personagem era muito boazinha para a mãe!”, conta, divertido. A trabalhar de perto com Cláudia Vieira, admite que a colega foi uma boa surpresa: “Tem sido ótimo gravar com a Cláudia, não a conhecia. Fico muito agradado de trabalhar todos os dias com ela. De coração”.
Elas adoram-no
Nas redes sociais, as colegas têm confessado a sua amizade. “Como eu gosto de trabalhar com este gajo”, escreveu Cláudia Vieira. Manuela Couto gabou-o: “Este menino é lindo! Talento aos montes!”.