telenovelas

em parceria com a Activa

Perfil

Novelas

Em breve em 'Alma e Coração': João espanca o irmão

O vilão apanha a mulher a traí-lo em sua casa e bate no animador de rádio. A trapezista justifica-se e descobre que caiu numa cilada do marido.

A viver um casamento infeliz com João, Diana não resiste a Rodrigo e acaba cada vez mais envolvida com o amado. Sozinha em casa, a trapezista recebe a visita do animador de rádio. Inicialmente, ainda se recusa a abrir-lhe a porta. “É a casa do teu irmão. É demasiado desonesto, não consigo”, lamenta. Rodrigo tenta persuadi-la: “Não acredito que a única coisa que nos separa é uma porta”. Ela acaba por abrir. Os dois olham-se, apaixonados. O irmão de Carmo segura a cara da amada e beija-a, deixando a porta aberta. A mãe de Vitória deixa-se levar pelo beijo. Os dois abraçam-se, cada vez mais apaixonados.
De repente, o animador de rádio é afastado com violência. É João, que acaba de chegar e dá um soco ao irmão, espancando-o. “Tira as mãos de cima dela!”, grita, atirando Rodrigo ao chão. “Sai! Põe-te a andar, não quero voltar a ver-te nunca mais!”, prossegue. O radialista ainda tenta justificar-se e diz que nunca o quiseram enganar. “Parabéns, fizeram um ótimo trabalho. Na minha própria casa”, ironiza o cirurgião. Diana pede calma, mas João volta a empurrar o irmão e manda-o sair. “És um traidor! Quantas vezes tenho de repetir? Sai da minha casa”, dispara. E o animador de rádio sai.
Diana explica
Já a sós com o marido, a trapezista assegura que nunca se intrometeu na vida amorosa de João, apesar de saber que ele tem outras pessoas. O cirurgião pergunta-lhe há quanto tempo anda com Rodrigo e insiste em saber porque é que nunca lhe disse nada. “Sabia que te ia deixar nesse estado. Porque precisava de tempo para organizar as coisas na minha cabeça e de coragem para te contar. É assim tão horrível? Sempre soube o que era este casamento e tu também devias saber. É uma fachada e tu e eu somos só amigos. Ou as coisas funcionam para ti de uma maneira e para mim de outra?”, queixa-se a mãe de Vitória.
A discussão sobe de tom e Diana percebe que João inventou uma viagem a um congresso para a apanhar a traí-lo. “Se andavas desconfiado de alguma coisa, o que tinhas a fazer era falar comigo e eu contava-te tudo o que quisesses saber”, responde-lhe ela, não poupando nas palavras: “Quando aceitei casar-me contigo, não implicava ter de abdicar da minha vida, pois não?” João percebe que errou e acaba por lhe pedir desculpa, só que a mãe de Vitória já não o quer ouvir e vai para o quarto.