telenovelas

em parceria com a Activa

Perfil

Novelas

Não perca em 'Alma e Coração': Vitória rejeita Diana e volta para Júlia

Após fugir da casa de André, a jovem quer ir viver com a trapezista, mas esta não está disponível e Vitória fica com a mãe adotiva.

Agora que já sabe que Diana é sua mãe e que Júlia a enganou, Vitória vira-se para André. Pouco a pouco, os dois vão começar a construir uma relação e até vão viver juntos... mas por pouco tempo. É que, muito por culpa de Francisca, a jovem entra em litígio com o pai. Após mais uma discussão com a madrasta, Vitória arruma as suas coisas e sai de casa.
Sem ter para onde ir, a rapariga telefona a Diana. “Está tudo bem, não te assustes, mas houve um stresse em casa do André e eu sai de lá. Não sei para onde ir... Estou aqui a andar de um lado para o outro com as minhas coisas às costas”, conta. A mãe mostra-se disponível para a receber. Horas depois, Vitória volta a fazer uma chamada para a trapezista, mas o telemóvel está desligado. Enquanto isto, em casa, Júlia faz uma reza para a jovem. “Fazei com que ela não possa viver sem mim, que não possa sossegar nem descansar, em parte alguma consiga estar, sem que tenha sempre a minha imagem no seu pensamento. Guia-a até mim.” Tocam à campainha. É Vitória...
Júlia sente-se mal
Em lágrimas, a jovem conta à mãe adotiva que Diana lhe ofereceu abrigo, só que nunca mais a atendeu. A malvada começa a sentir-se mal, contudo, disfarça e lança acusações à rival. “Ser mãe não é só dar à luz... há uma relação que se cria ao longo dos anos e tu e a Diana não a têm. A Diana não me parece uma pessoa de se agarrar muito aos outros. Afinal, foi capaz de te abandonar uma vez”, lembra. Vitória completa: “E agora abandonou-me outra vez. És a única mãe que tive”. A viúva de Fernando começa a sentir-se pior. A filha percebe e pede-lhe que não volte a fazer bruxarias. “Promete-me que paras com essa loucura.” Júlia desvaloriza a situação: “Não te preocupes com isso. Loucuras que uma mãe faz por uma filha. Mas não é preciso mais”. O coração volta a acelerar e a rapariga oferece-se para irem ao hospital, mas a mãe adotiva não quer. De repente, o seu telemóvel toca. É Diana, porém, Vitória rejeita a chamada.
No dia seguinte, na rádio, a namorada de Rodrigo aborda a filha e tenta explicar porque não lhe atendeu o telefone. “Não precisas de dar justificações. Eu não estou zangada contigo. Só desiludida. Precisei de ti e tu não estavas lá. Já não é a primeira vez. Eu é que fui parva por te ter dado uma oportunidade”, reage a rapariga, pedindo à trapezista que a deixe em paz. Diana sai e a ex-namorada de Gustavo fala com Clara, que lhe pergunta o que se passa. Vitória a responder que regressou a casa da mãe. “Voltei a viver com a Júlia!”