telenovelas

em parceria com a Activa

Perfil

Novelas

Não perca em 'Alma e Coração': Rodrigo regressa para os braços de Diana

Desesperada, a trapezista ainda foge de Portugal, mas, ao receber uma chamada do amado, consegue escapar e voltar para junto dele. Na hora do reencontro, a emoção toma conta do casal.

É o momento mais aguardado da trama. Após mais de seis meses longe um do outro, Diana e Rodrigo vão reencontrar-se. Tal como a TeleNovelas lhe revelou na edição anterior, a trapezista irá fugir para Espanha. Entretanto, recebe uma chamada do marido e fica chocada ao perceber que ele está vivo. Quer voltar de imediato para Portugal, mas roubaram-lhe a chave da autocaravana onde escapou com Jaime. Enquanto aguarda pela mulher, o animador de rádio pede ajuda a António. “Tenho de saber para onde é que a Diana foi. Onde é que ela estava quando falei com ela? Por favor, António, fala comigo. Ela tem de te ter dito mais alguma coisa.” O professor da escola de circo não sabe de nada, apenas que a amiga queria recomeçar, mas Rodrigo continua sem perceber porque é que a mulher se foi embora. “Tinha a escola, tinha-vos a vocês e eu sei que ela não ia querer fugir de novo”, afirma. Carmo, que também está na sala, defende a cunhada: “Ela foi-se embora para tentar deixar para trás as coisas más que lhe aconteceram aqui”.
O regresso a casa
Mais tarde, Diana chega a casa, suja e exausta por causa do caminho que teve de percorrer até ali. Rodrigo está de costas para a porta e não repara nela. Ao perceber que é o marido, a jovem grita pelo nome dele. O filho de Adelaide ouve a voz da amada e vira-se lentamente, como se não conseguisse acreditar que ela está mesmo ali.
Os dois ficam frente a frente e olham-se intensamente, ainda incapazes de reagir. Rodrigo está diferente, menos emotivo, e a mulher também não está melhor, porém, não consegue conter a emoção e começa a chorar. O animador de rádio corre para os braços dela. Ambos trocam vários beijos, entre lágrimas. Em seguida, a trapezista recompõe-se, limpa a sua roupa e pede a António que vá buscar a sua autocaravana. Ele acede e sai.
O confronto
Diana fecha a porta e volta para perto do marido. “Queres falar sobre o que aconteceu? O que é que fizeram contigo…”, pergunta-lhe, enquanto lhe agarra a cara com as mãos, como se quisesse ler a resposta nos seus olhos. Rodrigo foge à resposta: “Porque é que querias ir embora?”, pergunta. A trapezista continua calada, tensa, e o amado passa a mão pelo ferimento na testa dela, questionando quem lhe fez aquilo. “Podemos não falar disso. Não agora… Só quero estar contigo.” O irmão de João não desarma. “É verdade que puseste a casa à venda?” A mãe de Vitória confirma e explica-se: “Queria seguir em frente. Era muito difícil continuar aqui sem ti... Mas a verdade é que fui adiando a venda. Nenhum comprador era suficientemente bom, fui mudando o valor. Acho que pus a casa à venda e depois boicotei tudo...” As lágrimas voltam a tomar conta da trapezista. “Tu é que foste dado como morto, Rodrigo. Levaram-te naquele dia e...”, afirma, a soluçar. O animador de rádio abraça-a. “Não tens de falar agora. Nenhum de nós tem de falar agora. Vamos ficar juntos para sempre”, afirma.


Regresso traumatizado
Estas cenas vão trazer uma reviravolta à trama da SIC, mas nem tudo vai ser fácil na vida do casalinho. É que Rodrigo regressa de Marrocos uma pessoa diferente. “Ele esteve em cativeiro durante sete meses
e a partir daí a personalidade e a atitude dele vão mudar por causa do stresse pós-traumático que tem em consequência disso. Tentei perceber um pouco como é que ele poderia ficar”, conta o ator José Fidalgo, acrescentando: “Ele não perde a memória. É uma questão de memória seletiva em relação ao que aconteceu. Uma das razões pelas quais ele consegue fugir e sobreviver é pensando que está a fazer aquilo pela Diana”.