telenovelas

em parceria com a Activa

Perfil

Novelas

Não perca em 'Alma e Coração': Gonçalo ameaça Júlia de morte

Sabendo da sua obsessão por Diana e depois de ele a levar para o mundo do tráfico, a agente imobiliária quer afastar-se dele. Mas Gonçalo não permite e deixa-a apavorada.

Nem agora que, finalmente, conquistou o coração de Gonçalo, Júlia vai poder viver este amor. Muito em breve, a vilã irá estrear-se no mundo do tráfico, a pedido do amado, que a convence a ir a algumas reuniões com criminosos em Paris. Os negócios correm bem e o vilão explica-lhe que toda a gente gostou dela, logo terá de continuar... mas apesar de ambiciosa, Júlia não se move muito bem neste mundo do crime violento e começa a desconfiar das verdadeiras intenções de Gonçalo para a ter a seu lado, conhecendo ela a sua obsessão por Diana. Sem alternativa, a vilã toma uma decisão radical: vai afastar-se definitivamente dele.
Após um almoço a dois, em que a agente imobiliária se mostra apreensiva, Gonçalo tenta aproximar-se dela. “Durante o almoço, fiquei com a sensação de que se passava alguma coisa”, diz-lhe. A custo, a rival de Diana admite. “Estou com dúvidas em relação a nós”, anuncia, prosseguindo: “Tenho medo. Os negócios em que estás metido são perigosos e não consigo lidar com isso”. O vilão explica que é tudo uma questão de hábito, mas ela não desarma e assegura que não quer voltar a fazer o que fez. “Estou confusa. E acho que o melhor é afastarmo-nos”, frisa.
“Não me faças de parvo ou pode correr-te mal”
Dissimulado, Gonçalo ameaça-a: “Isso não vai ser possível. E sabes porquê? Porque eu não quero”. Júlia começa a ficar amedrontada. “Não querias que fôssemos uma equipa? Conseguiste. Mas esta é daquelas equipas que não se separa. Somos a família que sempre desejaste e estamos mais unidos do que nunca”, acrescenta o malvado. Ela garante que não quer mais aquilo. E a resposta não tarda. “Queres, claro que queres. Achavas mesmo que depois de tudo o que ficaste a saber sobre mim separarmo-nos era uma opção?”, continua ele, fazendo uma festa no rosto da amada. Júlia grita que ele não a pode obrigar. “A ficar comigo? Claro que posso. E se achas que é perigoso assim, não queiras experimentar ir-te embora. Pensa na Vitória também.” A vilã tenta manter a calma, o que só deixa o namorado mais furioso. Ele ameaça-a de morte: “Aprende esta lição de uma vez por todas: tenho olhos e ouvidos em todo o lado. Não me faças de parvo ou pode correr-te muito mal”.
No dia seguinte, ao acordarem, os dois voltam a discutir. Quando a mãe adotiva de Vitória sai para trabalhar, o empresário lê o livro de feitiços de Júlia e faz uma reza. Enquanto isto, a vilã sente-se mal e é socorrida por Luís.