telenovelas

em parceria com a Activa

Perfil

Novelas

Joana Santos: "É preciso continuar a alimentar a relação"

A atriz passou férias com o marido no México. Deixaram o filho, Ari, com a família, para poder desfrutar de alguns dias descontraídos e românticos num local paradisíaco.

Paulo Jorge Figueiredo

Aproveitando uma pausa no trabalho, Joana Santos fez umas férias a sós com o marido, o realizador Simão Cayatte. “Fomos uma semana para o México e foi muito bom”, conta ela, acrescentando: “Neste dois últimos anos ainda não tínhamos conseguido fazer uma viagem apenas os dois e foi muito importante.” A estrela de “Vidas Opostas”, a novela da SIC em que interpreta a vilã Eva, descontraiu e namorou com o companheiro nas belas paisagens mexicanas. “Soube a uma lua-de-mel”, confidencia, com um largo sorriso. O casal deixou o filho, Ari, 2 anos, aos cuidados da família. “Ficou com os avós e os tios. Não se ressentiu porque tem muito amor à sua volta e não faz birra por não estar com os pais. É claro que, de vez em quando, chamava por nós.”
“Voltei mais leve”
Joana Santos admite que lhe custou separar-se do filho, ainda que tenha sido apenas uma semana: “Foi mais difícil para mim e para o Simão do que para o Ari. Foi a primeira vez que estive tanto tempo sem ele: dez dias”. No entanto, defende que precisa destes momentos a sós com o marido. “Antes de o nosso filho nascer, já existíamos como casal e é preciso continuar a alimentar a relação. Faz parte e precisamos de ocasiões como esta para descontrair”, considera.
A atriz refere que regressou das férias do México com as baterias recarregadas e muita energia. “Voltei mais leve e enfrento qualquer pequeno problema ou contrariedade com um sorriso nos lábios!”

Aumentar a família em breve
Joana Santos prepara-se para iniciar a rodagem de um filme, que será realizado pelo próprio marido, e por isso irá fazer uma pausa na TV. A atriz pondera ainda voltar a engravidar em breve. “Depois do filme logo se vê, mas gostava muito de poder dar um irmão ou uma irmã ao Ari. Como já tenho um menino, preferia que fosse uma menina”, revela.

Final de Eva
Conforme a TeleNovelas revelou em primeira mão, o final de Eva em “Vidas Opostas” é muito dramático: a vilã morre, vítima de overdose, ao tentar fugir com uma grande quantidade de cocaína no estômago. “A cena não foi fácil mas ficou muito bem feita”, acredita.
“O sítio onde gravámos, a figuração, a maneira como a Eva estava vestida, a camioneta... foi tudo muito credível”, considera Joana, que se preparou para a sequência final. “Tentei pesquisar: ela era uma mulher que transporta droga. Faz aquilo porque está a chegar à fronteira e não quer ser apanhada. Mas às tantas alguma coisa explode e ela tem uma overdose. É ficção!”

Filho já tem sentido de humor
Desde outubro, quando terminaram as gravações de “Vidas Opostas”, que Joana tem estado mais dedicada ao filho. “Vou levá-lo à escola e muitas vezes também o vou buscar. Além disso posso ficar com ele quando está doente.” Completamente derretida com o menino, a atriz aponta alguns dos traços da sua personalidade. “Ele é uma mistura de mim e do pai. É expressivo, bastante divertido e já tem sentido de humor.”