telenovelas

em parceria com a Activa

Perfil

iStock

Saúde

Descubra como libertar-se da ansiedade e ainda fique em forma

Quando estamos tensas, libertamos uma hormona que favorece a acumulação de gordura. Relaxe, siga as nossas dicas e perca até 2 quilos por semana.

TeleNovelas

Quem vive com os nervos à flor da pele geralmente passa horas sem comer ou, graças à ansiedade, empanturra-se. Além disso, com a preocupação é difícil dormir, o que leva a um maior consumo de cafeína. Esse ritmo é tiro e queda para elevar os níveis de cortisol, uma hormona produzida pelas glândulas adrenais. Em excesso, ela é o inimigo de quem quer emagrecer. Além do stresse, da cafeína, do jejum prolongado e das noites mal dormidas, o cortisol pode “disparar” devido ao álcool, aditivos químicos e excesso de peso. Mas há luz ao fundo do túnel: segundo a nutricionista Ana Paula Santos, se ingerir os alimentos certos, fizer caminhadas três vezes por semana e praticar atividades relaxantes, é possível controlar a hormona e, ainda, emagrecer.

ALIMENTOS ANTI-STRESSE

Abacate: Ajuda a queimar gorduras, principalmente na região da barriga. Tem beta-sitosterol, um composto que inibe a libertação de cortisol. Porção: 3 colheres (sopa) ao dia.

Frutas cítricas: Laranja, limão e quivi são ricos em vitamina C, essencial para as glândulas adrenais funcionarem bem. Porção: 2 peças por dia.

Chá verde: Eleva a taxa de dopamina, substância ligada à sensação de bem-estar, motivação e saciedade.Porção: 3 chávenas (chá) por dia.

Folhas verde-escuras: Vegetais como brócolos, espinafres e couves também reduzem os níveis de cortisol. Porção: 2 colheres (sopa) duas vezes por dia.

Iogurte: As suas bactérias estimulam a produção dos neurotransmissores, que promovem o relaxamento e melhoram a qualidade do sono. Porção: 1 unidade (200 ml) por dia.

Sementes de Linhaça e chia: São fontes de ómega 3, que regula as glândulas adrenais e equilibra a produção de cortisol. Além disso, ambos têm magnésio, mineral que auxilia no controlo das emoções.Porção: 1 colher (sopa) por dia.

Aveia: As suas fibras ajudam a eliminar as toxinas que prejudicam o metabolismo e provocam o aumento do cortisol. Porção: 2 colheres (sopa) por dia.

Castanha-do-pará: Possui magnésio e selénio, minerais anti-stresse. Porção: 2 castanhas-do-pará ao dia.

Arroz integral: Fortalece a produção de dopamina e é rico em triptofano – aminoácido que promove a formação da serotonina. Traz ainda bem-estar, e controla a compulsão por doces. Porção: De 3 a 4 colheres (sopa) por dia.

Amêndoas e pistachios: Oleaginosas que também são ricas
em minerais que combatem o stresse. Porção: 4 unidades por dia.