telenovelas

em parceria com a Activa

Perfil

Saúde

Truques para conseguir dormir bem no verão

Posição do corpo, tecido do pijama... Descubra os truques que vão refrescar as noites mais quentes

iStock

Enrolar-se nas cobertas para dormir não é um ritual que faça parte das noites de verão, e pode ser difícil descansar com a temperatura alta! “A insónia acontece tanto por fatores internos como externos mas, de forma geral, noites quentes podem gerar dificuldades em dormir devido ao desconforto gerado pelo calor”, explica Marcos Pontes, clínico geral. Dar a volta à sensação abafada é mais fácil do que imagina! Veja dicas valiosas para ter uma noite de sono tranquila!

AS NOSSAS DICAS!
Menos é mais - Nada de alimentos pesados! Troque o feijão e carnes gordurosas por legumes, sopas e carnes magras. “Comer alimentos encorpados antes de dormir prejudica o sono: requer esforço do aparelho digestivo, que já é naturalmente mais lento durante a noite”, alerta o especialista. Faça o jantar pelo menos três horas antes de se deitar! Assim não precisa de lidar com a digestão ao dormir.

Duche amigo - "Somos seres homeotérmicos, o que significa que mantemos a nossa temperatura interna de 36o C/37o C, independentemente da temperatura externa – no entanto, um banho frio proporciona sensação de frescor!”, garante o clínico geral. Apesar de não ter um efeito real em reduzir a temperatura do corpo, o duche frio alivia a sensação quente das noites de verão.

Saco de gelo - Para arrefecer o corpo, coloque uma bolsa de gelo por alguns minutos nas virilhas ou nas axilas. “Nestas regiões, passam vasos mais grossos, ou seja, o contacto com o sangue é maior! A sensação de frescura vai chegar ao corpo todo com mais rapidez”, indica o especialista. Bastam alguns minutos e depressa vai estar menos encalorada. Não tem saco? Coloque uma garrafa de plástico com água no frigorífico/congelador.

Modere o álcool - Existe a falsa impressão de que as bebidas alcoólicas são aliadas do sono, pois dão aquela sensação de doce sonolência. Mas não é bem assim: o álcool realmente deixa-nos mais moles, mas acaba por prejudicar a qualidade e a duração do sono. Pode sentir-se mal, levanta-se mais... Se com o calor já é difícil dormir, imagine sob o efeito destas bebidas.

Desacelere - Evite atividade física perto da hora de dormir! Substâncias como a adrenalina são libertadas no sangue e são estimulantes, dificultando o sono. E agora, o maior desafio: “Pare de mexer em aparelhos eletrónicos uma hora antes de se deitar. Eles geram estímulos cerebrais que comunicam ao cérebro que é hora de ficar acordado”, completa Marcos.

Ventoinha - A posição da ventoinha vai interferir no ambiente! Quem gosta de vento deve colocar o aparelho na direção da cama e deliciar-se. “A ventilação indireta é uma boa opção também: ponha a ventoinha virada para a parede para que o efeito volte para si”, indica Paulo. Também é bom colocar uma bacia com gelo em frente dos ventiladores para humidificar e refrescar o ar!

Posição e pijama - “A melhor posição para dormir é a lateral, pois facilita a passagem do ar durante o sono, garantindo uma respiração mais tranquila”, explica o profissional. Dormir de bruços é a pior possível: além de comprimir o ar e dificultar a respiração, pode causar problemas na coluna. Aposte em tecidos mais leves nas roupas, que absorvem o suor! Um pijama de malha fria, por exemplo, vai mantê-la fresca a noite toda. “Para os lençóis, utilize os de fibras naturais, pois permitem a transpiração – algodão e seda entram nessa categoria!”, indica Paulo Di Mello, designer de interiores.