telenovelas

em parceria com a Activa

Perfil

Saúde

Dieta a dois: Emagreça com o seu marido

O apoio de pessoas queridas influencia diretamente no emagrecimento. Porque não começar com quem está ao seu lado diariamente?

PETAR CHERNAEV

Basta começar a namorar que muita gente ganha logo alguns quilinhos. E há vários motivos para isso, especialmente porque é muito comum (e delicioso) sair para ir comer aquela sobremesa especial e ir àquele bar tomar uma cerveja e petiscar quando se está a conhecer alguém. Mas para não olhar para as fotografias antigas com desespero (“como foi que engordei tanto?”), especialistas dão dicas de como mudar algumas atitudes e pensar numa ementa menos calórica. E, claro, com o parceiro como aliado nessa caminhada!

Casar engorda mesmo?
Existem pesquisas mundiais que comprovam que homens e mulheres engordam depois do casamento pelo facto de quererem sempre agradar um ao outro com comidas cada vez mais saborosas. “Durante uma conquista, a pessoa cuida-se mais para agradar ao outro. Com o casamento, o objetivo da conquista já foi concluído e, por isso, a pessoa tende a relaxar mais. Os membros do casal passam a sair menos de casa e, quando saem, têm como objetivo apenas comer. Acabam por negligenciar o cuidado com o corpo e o famoso deixa para amanhã começa a ser o seu maior companheiro”, afirma Naiara Mariotto, terapeuta cognitivo-comportamental especializada em relacionamentos e equilíbrio emocional. Para evitar que isso aconteça, não abra mão da preocupação com o corpo e a saúde só porque se casou.

O apoio é fundamental!
Conseguir convencer uma pessoa a fazer dieta não é uma tarefa fácil. Mas se há alguém ao nosso lado, a incentivar e a mudar os hábitos alimentares, a tarefa pode ser mais simples. “Para estimular o namorado ou o parceiro, faça com que ele se sinta convencido do quanto a sua perda de peso será benéfica para a sua vida. É bom também mostrar o quanto se sente orgulhosa por ele ter tomado essa atitude de mudança”, diz. Feito isto, a especialista recomenda traçar uma meta em conjunto. “Perceba como ocorrerá a dieta: ajude-o a elaborar a marmita e na compra de alimentos mais saudáveis, cozinhem
e façam exercícios juntos. Elogie cada conquista, reforce mais os esforços do que os fracassos e durmam bem.

A vida social continua!
“Não é porque estão dispostos a emagrecer que precisam de parar de sair à noite e fazer programas ao fim de semana. Afinal, estas saídas são importantes para reforçar a intimidade e cumplicidade do casal. Há que preservar o amor! Mas é só tirar o foco da comida: em vez de restaurantes, vá antes ao cinema, teatro, ópera e até a parques. Caso o passeio envolva comida, opte pelos pratos que priorizem as saladas e verduras. Não há desculpa para não se alimentar bem.”

Hábitos alimentares
“Se você e o seu marido têm hábitos alimentares muito diferentes, comecem por comer saudavelmente pelo menos às refeições principais – provavelmente ao jantar aos dias de semana e ao almoço e jantar aos fins de semana. Inclua frutas, cereais integrais, como aveia, trigo e arroz, sementes, como chia e linhaça, muita salada e proteínas”, diz a nutricionista da Bruna Benedetti.