telenovelas

em parceria com a Activa

Perfil

Sexo

5 zonas erógenas a explorar já!

Tome nota de alguns locais do corpo que costumam ser esquecidos nas questões do prazer, mas que podem surpreender.

Jacob Ammentorp Lund

1 - Pulso firme
A pele fina da zona – onde costumamos colocar o perfume – torna-a especialmente sensível. Peça ao seu mais-que-tudo para beijar os seus pulsos devagar ou amarrá-los gentilmente com um lenço nos preliminares.


2 - Por trás da orelha
As lambidelas molhadas e quentes dentro das orelhas são frequentes. Mas, e que tal experimentá--las naquela parte mais saliente atrás? Fonte garantida de arrepios e desejo!


3 - Lá em baixo
Por estar perto do clítoris, a uretra, órgão por onde sai o chichi, pode proporcionar um prazer enorme quando tocado. Os movimentos podem ser os mesmos que faz (ou recebe) quando estimula o clítoris – circulares e de baixo para cima, fazendo uma ligeira pressão.


4 - Entre os seios
Para os gurus espirituais, estimular a zona no meio do peito ajuda a desbloquear o fluxo de energia no organismo. Já durante o sexo, se alternar toques neste local e na vulva, enquanto inspira, imaginando que a energia circula entre um local e o outro, sentirá um pico de prazer.


5 - “Bumbum” sensível
Esta zona possui inúmeras terminações nervosas, por isso é muito sensível. Mas não precisam fazer sexo anal! Pequenas mordidas ou arranhões são suficientes para gerar sensações que farão subir a temperatura!


Cérebro no centro das emoções
Zonas erógenas à parte, sabia que o principal órgão sexual
é o nosso cérebro? É verdade. Com ele decidimos o que é excitante ou não, o que nos atrai ou nos repugna. Saber reconhecer as emoções e aprender a usar a nossa inteligência sexual é essencial para desfrutar plenamente das nossas relações. Estimule a sua imaginação, atreva-se a colocar em prática as suas fantasias e conhecerá o prazer pleno!