telenovelas

em parceria com a Activa

Perfil

Sexo

Sexo na praia sem correr riscos

.Calor e corpos molhados fazem uma dupla perfeita. Aproveitar uma praia deserta para ter sexo ao ar livre habita o imaginário de muitos casais. Tomando todas as precauções, espreite algumas destas ideias.

iStock

Praia deserta

Essencial. Mesmo que seja adepta do exibicionismo, quem vai à praia não pode ver um casal na intimidade, que atenta ao pudor. Por isso, escolha uma praia de acesso mais difícil.

Dentro de água

Entrem pelo mar adentro e, quando estiverem quase sem pé – de preferência sem ninguém próximo –, podem passar à ação! Uma sessão de masturbação mútua bem discreta é boa solução.

Praia nudista

Há que esclarecer que o nudismo nada tem a ver com libertinagem sexual. Posto isto, não significa que chegue a uma praia destas e passe à intimidade sem qualquer pudor ou cuidado! Se deseja sexo, procure um recanto entre as rochas ou escondido pela vegetação. Veja ainda se não estão outros casais por perto
ou olhares alheios curiosos.

Campismo

Outra dica é procurar uma praia deserta e acampar por lá. Durante a noite, com o local vazio, aumentam as hipóteses de fazerem amor na areia ou à beira-mar, sob o céu estrelado e com as ondas a banharem os vossos corpos excitados.

Cuidados a tomar em situações 
de risco
Vantagens: fica sempre
na memória, quer corra bem ou menos bem, pois é uma experiência diferente.
É excitante, arriscada
e... muito divertida.
Inconvenientes: a areia,
a possibilidade de aparecer alguém, uma multa por atentado ao pudor são algumas das desvantagens de fazer sexo ao ar livre.
Ah! E o sal seca a lubrificação natural, pelo que algumas pessoas também ficam um pouco “incomodadas” após uma aventura na praia.
Precauções: procure lugares recônditos. Nem pense em aventurar-se no meio do areal povoado.