telenovelas

em parceria com a Activa

Perfil

Sexo

6 dicas para tornar-se bom na cama

Sabia que há atitudes que permitem avaliar o desempenho e que funcionam como “armas secretas” para quem deseja ser um às na hora H? A nossa especialista conta tudo!

Jacob Ammentorp Lund

Há quem pense que ser bom na cama depende das técnicas ou do número de posições que consegue praticar na hora da intimidade. Outros julgam que basta copiar os atores de filmes para adultos ou até serem autênticos contorcionistas. Mas ser bom no sexo tem mais a ver com a capacidade de expressão, diálogo e, sobretudo, de garantir prazer ao outro.
A vontade de ser desejado pelo outro está entre os apelos mais significativos quando o assunto é sexo. Para Irina Rodrigues, especialista em Sexologia Educacional e diretora da Flame Love Shop, “saber expressar os seus próprios desejos e compreender os do outro é um dos caminhos essenciais para ser melhor no sexo”.
Muito mais do que “mecânica”
Enquanto muitos se preocupam com a “mecânica” do sexo, “descuram outros aspetos essenciais, como a capacidade de expressão e de diálogo e a disponibilidade para compreender aquilo que dá mais prazer ao outro”, explica a especialista. Mas, afinal, como saber se é bom na cama? Como refere a especialista, “existem atitudes que permitem avaliar o desempenho e que funcionam como conselhos para aqueles que se querem tornar bons amantes, sejam homens ou mulheres”.

Prova dos NOVE

Quer saber se realmente tem um bom desempenho entre os lençóis? Reunimos aqui seis itens que podem ajudá-lo(a) a tirar as teimas.

1 Se pratica sempre aquela posição que faz o outro chegar ao orgasmo, então esse é o primeiro passo para ser tornar num super- amante. Isto demonstra preocupação em satisfazer o outro que, ao percebê-lo, faz imediatamente uma avaliação positiva do seu desempenho.

2 A sua atitude, ao ouvir alguém dizer que comprou um brinquedo erótico, é de entusiasmo e curiosidade em também querer ter um? Então esse é um bom sinal. Pessoas de mente aberta são por norma extrovertidas na cama e logo mais disponíveis a novas experiências.

3 Se produz um cenário provocante, se se esmera no visual e ainda seduz, então com toda a certeza está na parte positiva da escala de um bom amante. Pessoas com iniciativa não se deixam dominar pela vergonha, pensam no prazer e na diversão.

4 Se a sua intimidade não está bem e procura conversar com o outro logo após o sexo, mude de atitude. Um bom amante escolhe o momento certo para este tipo de conversa, nunca julga o desempenho do outro e procura sempre soluções a dois.

5 Caso chegue ao orgasmo primeiro e continue a dar prazer ao outro, em vez de se deitar e dormir, então é mesmo um superamante. Nunca deixe o outro a “meio”, sem atingir o clímax, pois é um sinal claro de puro egoísmo.

6 Durante o ato sexual incentiva o olhar nos olhos? Então está a enviar um sinal de que procura a cumplicidade e a paixão. Estes ingredientes, juntamente com a atenção e o desejo pelo outro, são essenciais para um bom sexo.